futebol
quarta 27 maio 2015
12:40 - OS 3 PECADOS MORTAIS. - BIBO-PORTO-CARAGO.BLOGSPOT.COM
http://bibo-porto-carago.b logspot.pt/

Se ousarmos fazer uma análise séria e completa sobre a performance competitiva do FC Porto durante esta época, mesmo considerando que em termos de títulos conquistados a sua produção foi totalmente nula, ainda assim, poderemos traçar um quadro ou um cenário com algumas situações positivas, tendo em conta o trajeto na Liga dos Campeões, onde esteve bastante perto de chegar às meias-finais da competição, e as muitas e boas exibições que produziu internamente durante um largo período de tempo. Espero que estas ilações sirvam de aviso e lição para o próximo ano, mesmo sabendo de antemão (minha opinião) que foram cometidos 3 pecados mortais que se traduziram na situação actual:
  1. A forma como Lopetegui iniciou a época. Se por um lado a decisão de trocar constantemente o onze inicial poderia indiciar que havia uma pretensão objetiva de conquistar um grupo de trabalho novo, não deixando ninguém contrariado e ao mesmo tempo proporcionando a todos os elementos do plantel a competição que todos os jogadores necessitam para melhorar os seus índices de rendimento, por outro lado, com aquela tomada de posição, veio mais tarde a provar-se que tinha sido uma decisão errada. Funcionou ao contrário do que se pretendia, pois foi nesse período que a equipa perdeu os pontos que mais tarde vieram a fazer imensa falta, também por Lopetegui naquele momento ainda não ter uma clara visão das reais potencialidades do plantel, e ao mesmo tempo da realidade do futebol português;

  2. A derrota caseira, pelo diferencial de golos que o rival de sempre conseguiu concretizar, o que lhe trouxe não só a vantagem dos três pontos conquistados em casa alheia, como também o próprio resultado dificultou em muito uma possível reviravolta na vantagem entre os dois clubes em caso de empate. Resultado que mexeu no estado anímico da equipa, a que se pode juntar a eliminação na taça com o scp, igualmente em casa, que também deixou marcas e desconfianças para o futuro;

  3. As opções táticas de Lopetegui em dois momentos cruciais. Tanto no jogo decisivo na galinheiro – em que não assistimos a uma vontade extrema de lutar pelo melhor resultado até ao último segundo do jogo, conjugado com o errado esquema tático que (minha opinião) deveria ter sido enquadrado no esquema habitual da equipa e não mostrar qualquer receio ao adversário jogando o jogo pelo jogo – como também no jogo com os alemães do bayern de munique - sabendo que não poderia contar com os seus habituais laterais, entendeu, quanto a mim mal, povoar o meio campo em detrimento de tapar as alas, por onde o bayern pautou sempre o seu jogo. Resumidamente, dois momentos cruciais, duas opções erradas em termos tácticos.
Lopetegui, naturalmente, será o treinador do FC Porto na próxima temporada, estará mais preparado, mais acautelado, e... VAI GANHAR!

#aquininguemdesarma


11:46 - Juan Quintero não sabe o que se vai sair ou ficar este verão - FUTEBOL365.PT
Juan Quintero não sabe o que se vai sair ou ficar este verão
O médio ofensivo internacional colombiano do FC Porto reconhece que não está muito feliz no Dragão, uma vez que não foi regularmente utilizado esta temporada. Juan Quintero sabe que o final de época foi muito complicado, pois os azuis e brancos não conseguiram chegar ao título.

11:23 - Josué: «Não gosto muito de falar do FC Porto nem de Lopetegui» - FUTEBOL365.PT
Josué: «Não gosto muito de falar do FC Porto nem de Lopetegui»
A mágoa do médio português emprestado esta temporada pelos portistas ao Bursaspor ainda não desapareceu, depois de ter ficado sem espaço no plantel com o técnico espanhol. Josué não sabe o que vai acontecer, mas se tiver de regressar, irá ser sempre profissional.

10:20 - A MENINA DANÇA A VALSA? - BIBO-PORTO-CARAGO.BLOGSPOT.COM
http://bibo-porto-car ago.blogspot.pt/

Bayern Munique 1-2 FC Porto
27 de Maio de 1987
Taça dos Clubes Campeões Europeus 1987, final
Estádio do Prater (agora Ernst Happel), em Viena (Áustria)

árbitro: Alexis Ponnet (Bélgica).

Bayern Munique: Pfaff, Eder, Nachtweih, Pfluegler, Winklhofer, Flick (Lunde 81m) Matthaeus, Brehme, Koegl, Hoeness e Rummenigge.
Suplentes não-utilizados: Aumann, Willmer, Bayerschmidt e Kutschera.
Treinador: Udo Lattek.

FC Porto: Mlynarczyk, João Pinto, Eduardo Luís, Celso, Inácio (Frasco 65m), Jaime Magalhães, André, Sousa, Quim (Juary 45m), Futre e Madjer.
Suplentes não-utilizados: Zé Beto, Festas e Casagrande.
Treinador: Artur Jorge.

Marcadores: Koegl (24m), Madjer (77m) e Juary (79m).

O Bayern de Munique era um colosso do futebol europeu. O FC Porto tinha-se mostrado, anos antes, numa outra final europeia (Taça das Taças) num jogo em que a também poderosa Juventus teve de porfiar para vencer.

Até ao momento em que se começou a desenhar a brilhante segunda parte protagonizada pelo conjunto portista, quase ninguém ousava apostar na vitória do grande FC Porto.

Com Paulo Futre endiabrado, o argelino Rabah Madjer empatou a contenda com um sublime toque de calcanhar, quando estavam decorridos 77 minutos. Apenas dois minutos volvidos, coube ao avançado brasileiro Juary (entretanto lançado na partida) desviar a bola para o fundo das redes, após um cruzamento do lado esquerdo do próprio Madjer.

O FC Porto, pela primeira vez na sua história, era Campeão Europeu!



00:18 - Tello é para continuar no Dragão, por empréstimo do Barcelona - FUTEBOL365.PT
Tello é para continuar no Dragão, por empréstimo do Barcelona
Cristian Tello vai continuar a representar o FC Porto na próxima temporada por empréstimo do Barcelona.

00:18 - Tello é para continua no Dragão, por empréstimo do Barcelona - FUTEBOL365.PT
Tello é para continua no Dragão, por empréstimo do Barcelona
Cristian Tello vai continuar a representar o FC Porto na próxima temporada por empréstimo do Barcelona.

terça 26 maio 2015
21:01 - Mercado: Nolito não fala no Atlético Madrid nem no FC Porto - FUTEBOL365.PT
Mercado: Nolito não fala no Atlético Madrid nem no FC Porto
Em grande forma ao longo da última época com a camisola do Celta de Vigo, Nolito tem sido associado a clubes como o FC Porto e o Atlético Madrid. O ex-Benfica, recentemente convocado à seleção espanhola, recusou falar na saída do emblema galego, mas também não afastou essa possibilidade.

20:19 - Hóquei em patins: Reinaldo Garcia regressa ao FC Porto - FUTEBOL365.PT
Hóquei em patins: Reinaldo Garcia regressa ao FC Porto
O defesa argentino Reinaldo Garcia vai regressar ao FC Porto, que pretende voltar aos títulos de hóquei em patins, após ter visto o título fugir-lhe para Valongo e Benfica nas duas últimas épocas.

18:00 - FC Porto: Quando o primeiro dos últimos é um grande gastador - RECORD.PT
FC Porto: Quando o primeiro dos últimos é um grande gastador


14:55 - "Concordo com as críticas ao Benfica" - OJOGO.PT
Guarda-redes do FC Porto diz que os adeptos têm razão nos protestos e embora prefira não comentar o título de campeão do Benfica, está de acordo com as críticas.

14:26 - Mercado: Gigantes europeus 'cercam' Jackson Martínez - FUTEBOL365.PT
Mercado: Gigantes europeus 'cercam' Jackson Martínez
Cinco grandes clubes europeus estarão interessados em garantir a contratação de Jackson Martínez, jogador do FC Porto recentemente coroado como "rei" dos marcadores da Primeira Liga.

14:19 - Fabiano não comenta perda de titularidade para Helton - FUTEBOL365.PT
Fabiano não comenta perda de titularidade para Helton
Em conversa com o jornal A Bola esta manhã, antes de partir para o Brasil, Fabiano não quis alimentar a polémica em torno da perda da titularidade na baliza do FC Porto para Helton, que aconteceu após a goleada frente ao Bayern Munique (6-1). «Decisões internas», respondeu, sem nada mais acrescentar.

14:11 - V. Guimarães com quatro jogadores no ‘onze’ das revelações para a UEFA - FUTEBOL365.PT
V. Guimarães com quatro jogadores no ‘onze’ das revelações para a UEFA
Bruno Gaspar, João Afonso, André André e Hernâni, que em janeiro se transferiu para o FC Porto, constam no ‘onze’ de revelações da I Liga portuguesa de futebol para a UEFA, fazendo do Vitória de Guimarães o clube mais representado.

13:15 - Espanha: Sereno garante que Alberto Bueno vai vingar no FC Porto - FUTEBOL365.PT
Espanha: Sereno garante que Alberto Bueno vai vingar no FC Porto
O defesa central português esteve com o avançado espanhol no Valladolid e tem a certeza que este tem qualidade mais do que suficiente para se impor no Dragão. Sereno espera que Alberto Bueno saiba esperar pela sua oportunidade num clube de alta exigência como o FC Porto.

12:01 - Evandro espera jogar mais e conquistar títulos na próxima época - FUTEBOL365.PT
Evandro espera jogar mais e conquistar títulos na próxima época
O médio brasileiro do FC Porto admite que sentiu algum desânimo e frustração por não ter conquistado qualquer título esta temporada ao serviço dos dragões. Evandro espera que a nova temporada traga muitas vitórias e também mais tempo de jogo dentro das quatro linhas.

10:46 - ANÁLISE À EPOCA 2014/2015 – JOGADORES - BIBO-PORTO-CARAGO.BLOGSPOT.COM
http://bibo-porto-carago.b logspot.pt/

Cumprindo a minha tradição neste blog há já alguns anos, aqui vai a minha análise ao desempenho dos jogadores na época 14/15:

FABIANO – Teoricamente este seria o ano da confirmação para um GR que já tinha demonstrado bom potencial no ano passado. É com imensa pena que o digo, mas a verdade é que Fabiano não demonstrou as características necessárias que se impõem a um GR do FC Porto. Não deixa também de ser verdade que a herança deixada pelos últimos GR do clube não era fácil (Helton, Baía e antes Młynarczyk) mas parece-me evidente que Fabiano errou em momentos onde não poderia errar. Nos momentos importantes os grandes GR têm de transmitir confiança, qualidade e tranquilidade e Fabiano esteve mal pelo menos em dois momentos importantes: derrota no Dragão por 2/0 frente ao rival direto, onde foi muito mal batido no 2º golo defendendo para a frente um remate fraco (algo inadmissível num GR que joga ao mais alto nível), um lance que complicou muito a reviravolta num jogo onde o FC Porto até estava a ser superior e desastre de Munique, onde a sua cara de pânico e a forma lenta como se fez a pelo menos 2 golos ajudaram a revelar que se calhar Fabiano não será o GR que todos gostaríamos que fosse.

HELTON – Regressou após longo período de lesão e não comprometeu nos jogos que realizou. Agarrou a titularidade após o desastre de Munique e é triste constatar que num clube com tantos GR, inclusive na equipa b, o melhor é um que tem 37 anos. Deverá permanecer mais um ano porque a sua saída seria apenas mais um problema a juntar a todos os outros que irão surgir neste defeso.

FERNÁNDEZ – Com Ricardo, mais uns quantos GR na B e juniores, não percebi, não percebo, nem provavelmente irei perceber o porquê de se ter ido buscar um GR a uma equipa do fundo da tabela da Liga Espanhola. Não acrescentou nada, apenas aumentou de forma desnecessária o contingente espanhol e a folha salarial.

DANILO – A melhor época ao serviço do FC Porto. O melhor defesa do FC Porto este ano, bem a defender e ainda melhor a atacar. Vendido para o Real por muitos milhões de €. Onde estão as alminhas que tanto duvidaram em relação ao preço pago pelo FC Porto pela aquisição deste lateral internacional brasileiro?!?! Pois, arrumaram a viola dentro do saco. Um excelente negócio, honra seja feita à SAD!

ALEX SANDRO – Uma época de altos e baixos. Um final de época miserável, que teve no jogo do restelo o seu expoente máximo. É muito simples: se tem vontade para continuar com a cabeça no lugar certo, que fique como mais-valia, se quer sair para outro lado que vá e rápido. Com o passar dos anos cada vez me convenço mais que é melhor um jogador mais fraco motivado do que um bom jogador contrariado. Dá sempre a sensação que Alex Sandro pode dar muito mais do que aquilo que tem dado ao longo desses anos.

JOSE ANGEL – Nas oportunidades que teve demonstrou muito pouco face a um ordenado seguramente muitas vezes superior a qualquer dos laterais da equipa b. Época muito fraca.

REYES – Não evoluiu praticamente nada em relação à época anterior. Nervoso, pouco concentrado e desastrado nos jogos em que jogou a verdade é que cada vez mais há a sensação que o mexicano foi um tiro ao lado da SAD. A verdade é que não se pode acertar sempre e a SAD já acertou muitas vezes, desta vez parece que falhou redondamente. Espero estar enganado em relação ao futuro deste central.

MARTINS INDI – Foi titular até à derrota nos Barreiros, jogo onde curiosamente me lembro de ter falhado um golo de baliza aberta que poderia ter mudado o rumo do jogo. Ainda assim, quando jogou demonstrou qualidade e concentração, apesar de por vezes exagerar no contacto físico.

MAICON – Foi dos mais utilizados no eixo central, alternando a dupla ora com Martins Indi, ora com Marcano. Deste modo, foi um dos responsáveis por termos sido a defesa menos batida do campeonato. Diria que não fossem aqueles terríveis 25 minutos em Munique em que Maicon esteve, juntamente com quase toda a equipa, em “paragem cerebral”, teria sido uma época a muito bom nível. Boa época ainda assim!

MARCANO – Ganhou a titularidade no exato momento em que Martins Indi a perdeu. Exibiu-se a bom nível durante largo período até que, mais uma vez o maldito Munique, entrou em “paragem cerebral” durante 25 minutos e também ele contribuiu para um desastre completo. Apesar disso, e porque uma época não se analisa num jogo, o espanhol teve um bom desempenho na sua primeira época. É um elemento a manter pela experiencia e qualidade que adiciona ao plantel.

RICARDO PEREIRA – A maior parte dos jogos que realizou foram na taça da Liga ou na equipa b. Quando jogou na equipa principal demonstrou alguma qualidade no momento ofensivo mas a defender está muito longe de um nível aceitável para o FC Porto. Tem de evoluir mais.

CASEMIRO – Vinha com selo de internacional brasileiro e jogador do Real Madrid. Começou a época com exibições muito aquém do esperado, demasiado impetuoso e faltoso e com demasiados passes falhados. À medida que a época foi decorrendo melhorou muito até se tornar uma das peças fundamentais do meio-campo. Para além do bom sentido defensivo, tem um excelente remate (marcou 4 golos) e envolve-se bem nas ações ofensivas. Dava jeito que ficasse pelo mais um ano, pois conhecendo melhor onde está, pode ser um elemento fundamental na próxima época.

RÚBEN NEVES – Uma aposta contínua de Lopetegui num jovem vindo da formação do clube, algo que pelo que me lembro raramente tinha acontecido nos últimos anos. Mostrou muita qualidade para a idade que tem e uma enorme margem de progressão.

CAMPAÑA – Pergunto: para quê ter ido buscar um jogador que fez 139 minutos no campeonato? Não percebi a sua contratação e pelos vistos a sua utilidade foi tão reduzida que nem vou comentar muito o seu desempenho.

HERRERA – É dos casos mais estranhos que tenho visto nos últimos anos. Herrera marca golos? Marca. Herrera envolve-se muito bem nas ações ofensivas, aparecendo muito em zonas de finalização? Sim. Herrera tem qualidade? Tem. Tudo isto é verdade mas tem um problema muito grave para um jogador do futebol de hoje em dia: a lentidão com que executa as suas ações fá-lo perder imensas bolas em zonas de construção, o que é grave no modelo de jogo que Lopetegui implementou. Tenho imensas dúvidas em relação à utilidade da sua continuidade. O jogo que fez no restelo por exemplo, em que falhou sem exagero mais de 70% dos passes que tentou fazer num jogo que pelo menos adiaria o título, adensaram as minhas dúvidas em relação a este jogador. Veria com bons olhos uma possível saída mediante um bom negócio porque tenho muitas dúvidas que Herrera consiga ter concentração para se tornar num jogador com fiabilidade máxima, apesar da qualidade que inegavelmente tem.

ÓLIVER – Um jogador de enorme qualidade que infelizmente deve ter tido a sua primeira e última época de Dragão ao peito. Teve momentos de grande qualidade, tecnicamente muito bom, apesar do apagamento em alguns jogos decisivos.

QUINTERO – É um desperdício a forma como Quintero praticamente rejeita o papel que poderia ter na equipa. Não se pode queixar de falta de oportunidades mas não correspondeu ao que a sua qualidade lhe poderia levar. É um jogador de elevada qualidade técnica que não percebo como desperdiçou praticamente uma época inteira. Um caso difícil de resolver para o ano porque rendendo o mesmo que este ano, será pouco útil.

BRAHIMI – Uma primeira parte da época a grande nível, com golos importantes e muita importância na manobra ofensiva da equipa. Depois do regresso da CAN não foi o mesmo jogador. Espero que ficando para a próxima época seja o “bom Brahimi” em vez do “apagado Brahimi” dos últimos meses.

EVANDRO – Sinceramente não me parece que seja melhor jogador que Carlos Eduardo ou Josué. Um jogador de média qualidade que pode ser útil mas nunca será titular.

QUARESMA
– Em minha opinião, foi de entre todas as épocas de Dragão ao peito, a época de menor fulgor exibicional de Quaresma. É verdade que marcou alguns golos importantes e fez também assistências mas não conseguiu grande regularidade nas boas exibições. Ainda assim a exibição frente ao Bayern é digna de registo, numa grande vitória perante uma das mais fortes equipas mundiais.

TELLO – Começou a época de forma intermitente com alguns problemas na definição das jogadas (em alvalade poderia ter feito o 2/1 a um minuto do fim). Mas quando acertou o passo, com a sua velocidade estonteante e qualidade típica de alguém formado na famosa cantera de Camp Nou, passou a ser um elemento fundamental na equipa. Marcou golos importantes que nos mantiveram na luta, nomeadamente em Braga e no Dragão frente ao scp mas na altura decisiva da época lesionou-se e falhou desafios importantes como Munique e galinheiro. E que falta fez a velocidade e criatividade do espanhol. É importante que continue porque é um jogador com enorme qualidade.

HERNÂNI – Confesso que foi uma supressa agradável por aquilo que vi nas oportunidades em que teve para jogar. É rápido e ágil na frente de ataque o que por si só é por vezes uma “pedrada no charco” em jogos muito fechados, o que acontece em 90% dos jogos da liga Portuguesa. Pode ser um jogador útil no futuro.

ADRIÁN – É um jogador com cartel em Espanha, fez inclusive uma boa carreira no Atlético Madrid onde foi campeão, venceu Liga Europa e Supertaça Europeia, sendo que numa das épocas marcou 19 golos e juntamente com Falcao formou uma das duplas mais temíveis de Espanha. Pareceu-me que nunca se adaptou ao esquema de jogo do FC Porto, que há muitos anos joga com 2 extremos e 1 ponta-de-lança. Adrián sempre foi um jogador útil num esquema com 2 avançados porque nem é um ponta-de-lança para fazer muitos golos, nem é um típico extremo, por isso é um problema interessante para Lopetegui poder resolver na próxima época. Não duvido que se demonstrar todo o seu potencial na próxima época pode vir a ser muito importante. Não faltam exemplos de jogadores com primeiras épocas fracas que depois demonstraram muita qualidade. Esperemos então para ver e não façamos juízos definitivos em relação a Adrián López.

ABOUBAKAR – Em 11 jogos completos marcou 8 golos o que é um bom registo para um avançado. É um jogador com remate fácil e boa movimentação, pode ser importante para a próxima época, se bem que com características diferentes de Jackson. GONÇALO – O golo que marcou na Taça da Liga em frente à Académica e o respetivo festejo “à Domingos” fez-nos lembrar bons velhos tempos em que tínhamos um grande avançado oriundo da formação do clube que sentia o clube. É um avançado possante com excelentes índices técnicos mas falta confirmar o mais importante num avançado: a sua capacidade de finalização.

JACKSON – Não há dúvidas para ninguém que Jackson é um dos melhores pontas-de-lança mundiais da atualidade. Foi 3 vezes seguidas o melhor marcador do campeonato, contribuiu muito para o tricampeonato de 2013 (sim conseguimos um tri há 2 anos, parece que foi há um século atrás!) e foi sempre um bom profissional dentro de campo (apesar de algumas conversas infelizes fora dele). Esta época esteve mais uma vez a um bom nível, marcou muitos golos importantes e na Champions foi também muito importante. Nos quartos da Champions demonstrou mesmo que é um jogador de top mundial, primeiro num jogo fantástico no Dragão e depois em Munique foi o único a remar contra a maré e na 2ª parte podia mesmo ter feito o 5/2 logo após o 5/1, golo que nos faria reentrar na eliminatória a 15 minutos do fim. Lutou sempre e muito. Apesar da boa época, fez uma ponta final terrível, falhou um golo certo no restelo que adiaria por mais uma semana o título e falhou imensos golos no jogo de despedida frente ao Penafiel. Provavelmente sairá daqui a algumas semanas. Não será difícil algum clube dar 35 milhões por Jackson, estranho seria o colombiano sair por menos, acho até que 40 milhões era o preço justo para Jackson. Dado o previsível forte encaixe financeiro, dado que o FC Porto detém 95% do passe do colombiano, torna-se imprescindível investir forte num ponta-de-lança para substituir Jackson.


segunda 25 maio 2015
21:58 - Mercado - OFICIAL: Alberto Bueno é reforço do FC Porto - FUTEBOL365.PT
Mercado - OFICIAL: Alberto Bueno é reforço do FC Porto
Depois de Pinto da Costa ter confirmado a entrada no plantel dos dragões do ponta de lança espanhol, falta apenas o anúncio oficial. Tal como se esperava, Alberto Bueno será o novo homem-golo do FC Porto, chegando a custo zero proveniente do Rayo Vallecano.

21:58 - Lopetegui e Bueno: o reencontro - OJOGO.PT
Treinador dos dragões já orientou o reforço, quando orientava o Castilla, equipa secundária do Real Madrid. O site do FC Porto publicou uma fotografia com os dois. É o reencontro.

21:49 - Alberto Bueno queria começar já a treinar - OJOGO.PT
Espanhol fica com cláusula de rescisão de 40 milhões de euros e já fala à FC Porto.

21:08 - Mercado: Mattia Perin nas cogitações do FC Porto para a baliza - FUTEBOL365.PT
Mercado: Mattia Perin nas cogitações do FC Porto para a baliza
É um dos guarda-redes apontados à sucessão de Buffon na baliza da Itália. Mattia Perin, 22 anos, pode ser a solução do FC Porto para trazer competitividade à baliza azul e branca, que este ano nunca esteve totalmente tranquila. Uma coisa é certa: se for contratado, Perin terá a concorrência do veterano Helton.

19:00 - Guillem Cabestany é o novo treinador do FC Porto - RECORD.PT
Guillem Cabestany é o novo treinador do FC Porto


17:12 - Evandro pede mais tempo e mais títulos - OJOGO.PT
O médio chegou no verão passado ao FC Porto, oriundo do Estoril.

15:09 - UEFA faz o onze da I Liga só com Benfica e FC Porto - OJOGO.PT
A delegação portuguesa do site do organismo português elaborou o onze da temporada 2014/15 da I Liga.

13:41 - Seis brasileiros da I Liga no ‘onze’ ideal para a UEFA - FUTEBOL365.PT
Seis brasileiros da I Liga no ‘onze’ ideal para a UEFA
Os brasileiros Júlio César, Danilo, Luisão, Jardel, Alex Sandro, Casemiro e Jonas integram o ‘onze’ ideal da I Liga de futebol da UEFA, numa formação com seis jogadores do Benfica e cinco do FC Porto.

12:12 - Pinto da Costa confirma Bueno - RECORD.PT
Pinto da Costa confirma Bueno


12:06 - Tiago Caeiro: do golo famoso à renovação - OJOGO.PT
O avançado marcou dois golos nas últimas duas jornadas: a FC Porto e Gil Vicente.

11:47 - Maicon espera que o FC Porto continue a contar com Helton - FUTEBOL365.PT
Maicon espera que o FC Porto continue a contar com Helton
O central brasileiro dos dragões espera que a direção do clube portista renove o contrato do veterano guarda-redes, que é um líder do plantel em todas as circunstâncias. Maicon lamenta perder Danilo para o Real Madrid, mas pensa que é uma transferência merecida para o lateral.

11:32 - Pinto da Costa confirma Sérgio Oliveira, Bueno e Carlos Eduardo - FUTEBOL365.PT
Pinto da Costa confirma Sérgio Oliveira, Bueno e Carlos Eduardo
O presidente do clube portista admitiu que estão concretizadas as transferências do médio português do Paços de Ferreira, o ponta de lança do Rayo Vallecano e o regresso do médio brasileiro emprestado ao Nice. Também poderão haver novidades para a baliza, pois Mattia Perin está na agenda do FC Porto.

11:06 - Maicon: «Do outro lado também tiveram algumas ajudinhas e colo» - FUTEBOL365.PT
Maicon: «Do outro lado também tiveram algumas ajudinhas e colo»
O defesa central brasileiro do FC Porto considera que o Benfica teve algumas ajudas externas para chegar ao título esta temporada, mas admite que faltou algo mais aos dragões. Maicon diz ainda que Lopetegui é um bom treinador, mas as coisas acabaram por não correr bem.

10:35 - “BÊS” EMPATAM NA MADEIRA - BIBO-PORTO-CARAGO.BLOGSPOT.COM
http://bibo-porto-carago.b logspot.pt/

FC PORTO B-benfica B, 0-3

Segunda Liga, 46.ª Jornada
24 de Maio de 2015
Estádio da Imaculada Conceição (Funchal


Árbitro: Sérgio Piscarreta (Algarve).
Árbitros Assistentes: Filipe Pereira e João Ribeiro.
Quarto Árbitro: Anzhony Rodrigues.

MARÍTIMO B: José Sá (g.r.); Armando, Robson, Diney, António Carlos, Pana, Gonçalo Reyes, Filipe Oliveira, Shoya, Aldaír Neto e Ibrahim.
Substituições: Carlos Daniel por Shoya (61m), Kukula por Aldaír Neto (77m).
Não utilizados: Rui Vieira (g.r.); Kaká, Tiago, Ricardo Fernandes e Panin.
Treinador: Ludgero Castro.

FC PORTO B: Kadu (g.r.); Víctor García, Diego Carlos, Igor Lichnovsky, David Bruno, Leandro Silva, Marko Pavlovski, Pité, João Graça, Frédéric e Leonardo.
Substiuições: Anderson por Leonardo (56m), Sérgio Ribeiro por Pité (71m), Rui Moreira por Pavlovski (83m).
Não utilizados: André Caio (g.r.), Malthe, David Sualehe e Roniel.
Treinador: Luís Castro.

Disciplina: cartão amarelo a Frédéric (41m), Diego Carlos (44m), Gonçalo Reyes (54m e 82m), Pana (75m), Leandro Silva (75m), Ibrahim (80m) e Anderson (90+3m). Cartão vermelho a Gonçalo Reyes (82m).

O FC Porto B despediu-se da época 2014/15 com um empate sem golos frente ao Marítimo B, em jogo relativo à última jornada da Segunda Liga, disputado este domingo no Estádio da Imaculada Conceição, no Funchal. Os azuis e brancos terminam a prova na 13.ª posição, com 61 pontos em 46 jogos disputados.

Ao longo da primeira parte, os portistas foram a equipa com sinal mais no jogo, dispuseram de quatro situações claras de golo, mas pecaram na finalização. Os insulares, já condenados à descida de divisão, só criaram perigo junto da baliza portista quando o intervalo se aproximava.

Nos segundos 45 minutos, o FC Porto B continuou a dominar numa fase inicial, mas o encontro foi mais dividido, já que o Marítimo B reagiu e equilibrou as operações. A fase mais emocionante do jogo estava guardada para o fim. Os Dragões voltaram a estar muito perto do golo, num remate desferido em posição frontal por Frédéric Maciel (87m), tendo os maritimistas respondido por intermédio de Kukula, no lance seguinte. Já em período de compensação, Sérgio Ribeiro, um dos cinco jogadores da equipa de Sub-19 chamados pelo treinador Luís Castro, enviou a bola à barra da baliza à guarda do maritimista José Sá.

fonte: fcporto.pt



RESUMO DO JOGO

----





AddInto










PARCEIROS : casa em portugal  | foot  | Mercato  |
Contacto     | © Copyright of DirectoFutebol.com